dandirevoltado

Friday, April 21, 2006

O amor renascentista


Se um dia você conhecer alguém que nunca ouviu falar de Shakespeare e ainda por cima pensar que Romeu e Julieta é o nome de mais uma dupla cantora de música pop-romântica-água com açúcar, parabéns, pois você fez um contato imediato d terceiro grau com algum alienígena. Isso mesmo, alienígena, pois quem não conhece a tragédia "Romeu e Julieta" é qualquer coisa, menos terráqueo.
Romeu e Julieta conta a história de dois casais perdidamente apaixonados um pelo outro, mas infelizmente, esse lindo amor não podia ser correspondido, pois suas respectivas famílias se odiavam não só do fundo do coração, mas também das tripas. Até aí todo mundo sabe, mas o que quase ninguém sabe é porque razão uma história de amor proibido marcou tanto a humanidade, se hoje em dia até novela mexicana aborda esse tema de forma exaustiva.
O fato é que "Romeu e Julieta" foi uma peçateatral escrita durante o renascimento cultural na Europa, e nessa época as tradições mdedievais já estavam sendo questionadas. Na Idade Média, antes do renascimento, a maioria dos casamentos eram apenas negócios, ninguém se importava se as pessoas se amavam ou não. William Shakespeare percebeu que a cultura renascentista estava trazendo uma nova mentalidade, mais individualista e autônoma, que contradizia os valores medievais.
Em várias peças Shakespeare deixava claro que as mudanças de pensamento já estavam acontecendo, por isso suas obras são discutidas e comentadas até hoje. Agora, gostar ou não gostar, eis aí outra questão.

2 Comments:

Blogger Momo said...

Obrigada!

As considerações feitas aqui me ajudaram na elaboração do meu trabalho de sociologia sobre o Renascimento.

=D

Obs: A história é sobre um casal, não "dois casais".

12:12 PM  
Blogger Raphael said...

This comment has been removed by the author.

10:38 AM  

Post a Comment

<< Home